Posted tagged ‘Twitter’

Estreia brasileira, Twitter e Galvão

15/06/2010

por Bruna Lima 

O Brasil fez hoje sua estreia nos jogos da Copa do Mundo da África do Sul, mas a euforia da torcida com o time verde-amarelo já vinha desde a abertura do evento, na última sexta-feira (11). Cerca de uma hora antes do início do jogo em Johanesburgo (marcado para as 15h30, horário de Brasília) já era possível ver os bares superlotados e as lojas fechando suas portas. Em dia de Copa a sensação é de que o país literalmente para. O dia havia sido morno, com um empate entre Eslováquia e Nova Zelândia (1×1) e um decepcionante 0x0 entre Portugal e Costa do Marfim. A esperança era de que o Brasil, vencedor de cinco Copas do Mundo e (justificadamente) um dos favoritos para a vitória em 2010 estreasse com chave de ouro, numa saborosa goleada. 

No site de relacionamentos Twitter a torcida brasileira tem mostrado presença forte desde a festa de abertura do mundial. Sabe-se que o Brasil é o país com o segundo maior número de usuários conectados no portal, atrás apenas dos Estados Unidos. Prova disso é o fato de que a expressão “Cala a boca, Galvão” (uma crítica ao locutor da TV Globo Galvão Bueno e seu estilo, digamos, “loquaz” de narração das partidas) tornou-se o assunto mais comentado do Twitter e despertou interesse internacional, ganhando até um artigo no jornal espanhol El País. O vídeo abaixo é exemplo da onda virtual de humor/crítica ao locutor da TV Globo: nele Galvão “se empolga” com uma música da cantora Shakira, durante o show de abertura da Copa da África do Sul. 

Como já era esperado o Twitter foi palco dos mais diversos comentários sobre a partida: gente de todo lugar do mundo e várias classes sociais postava, via computador ou celular, suas impressões sobre o jogo de estreia do Brasil: o que ia fazer durante a partida, com quem estava etc. Brotaram os “bolões” e apostas para o resultado do jogo. Houve até quem fizesse a linha blasé, dizendo ignorar o evento e se dedicar a outras atividades. 

O meio-campista Elano, autor de um dos gols do Brasil na partida em Johanesburgo

O primeiro tempo morno do jogo, sem os aguardados gols e lances espetaculares , entediou o público e as queixas começaram a surgir. A expectativa era de um segundo tempo com ânimo renovado por parte da seleção brasileira e alguns resultados apareceram, ainda que tímidos. Maicon e Elano foram os responsáveis pelos dois gols que deram uma renovação no ritmo do Brasil: o time pareceu avançar mais e fazer investidas mais ousadas. O jornalista Alex Santos deu uma espiada no jogo e comentou em seu Twitter, com humor, a reação brasileira contra a Coreia do Norte: “a cada gol sofrido pela Coreia do Norte, o pai do goleiro perde um dedo”. 

Mas a surpresa veio com a reação do time asiático: a pouco mais de um minuto do fim da partida, quando todos pareciam resignados com o resultado, o defensor Ji Yun Naum abriu o placar da Coreia. Final do jogo: Brasil 2×1 Coreia do Norte. Os comentários pós-partida refletiram o clima de descontentamento dos torcedores e a expectativa por um futuro melhor: o próximo desafiante do Brasil será a seleção da Costa do Marfim numa partida em JohanesBurgo, no próximo domingo (20). Até lá tanto na Internet quanto na vida real a torcida fervorosa deve ser amenizada, como bem definiu Santos: “e agora voltamos a programação normal…”

Anúncios

CBF ameaça donos de perfis falsos de Dunga no twitter

23/03/2010

Por Leonardo Felix

Como a “nova onda do momento”, o twitter (que quando não usado como ferramenta laboral ou de marketing, é um local para inserções de elucubrações vazias e blas blas blas inúteis, diga-se) não poderia deixar de ter os famosos perfis falsos, os vulgos “fakes”. Evidentemente, personalidades conhecidas pelas diversas mídias são as principais vítimas desses perfis, e no mundo do esporte não poderia ser diferente.

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) anunciou hoje que vai tomar “medidas legais cabíveis” contra dois perfis falsos existentes no microblog, que se fazem passar como pertencentes ao técnico da seleção brasileira de futebol, Carlos Caetano Bledorn Verri, popularmente conhecido como “Dunga”. O comunicado oficial na íntegra está neste link.

As duas contas em questão podem ser acessadas por aqui e aqui.

PS: Por falar em twitter e “fakes”, recomendo a impagável criação da conta “twitteriana” @oclebermachado. Quem já teve o prazer de se deleitar com a sabedoria do locutor  global logo se identificará com as profundas teorias machadianas (do Cléber, não do De Assis) contidas em cada novo post. Não à toa, o criador do falso perfil intitula o “muso” inspirador do perfil como “O pensador do Século”.

Requião é “pop”

17/03/2010

Com 5986 seguidores, 2070 twittes e seguindo 598 pessoas, o governador do Estado do Paraná está no topo do ranking dos mais influentes  no twitter

Por Soraia Barros

O site www.twitterank.com.br publica a cada cinco dias um ranking com as pessoas mais influentes do twitter no país . E ultrapassando até mesmo o senador Álvaro Dias (que nutre boas relações com a imprensa), Requião Roberto de Mello e Silva foi o primeiro colocado no ranking. 

Os dados publicados pelo twitteranking comprovam o que muitos pesquisadores, desde a candidatura de Obama a presidência dos EUA, apontam: blog e twitter podem se tranformar em poderosas ferramentas para favorecer a construção da imagem de políticos.

Ainda, usando o exemplo das eleições estadunidenses, deve-se lembrar que o atual presidente dos EUA  utilizou-se da tática “Obama Everywhere” durante as eleições. O candidato possuía links que levavam para seu  facebook, myspace, youtube, twitter, flickr entre outras mídias sociais.

Tratando particularmente do twitter, Barack Obama era seguido por 144 mil twitters e seguia 168 mil pessoas. Enquanto o twitter de Hilary Clinton, excluído depois das primárias, não se preocupava em seguir ninguém. O que indica que o sucesso de Barack Obama foi usar o twitter como indicativo de que estava disposto a ouvir seus eleitores.

Barack Obama e Requião não tem muita coisa a ver um com outro. É fato. Mas, ambos são exemplos de que se deve observar com cuidado o uso das mídias sociais como cenário político.  Ainda mais, em ano de eleição quando o uso da internet na campanha eleitoral é livre.

Para saber mais:

http://twitter.com/requiaopmdb 

http://www.bonde.com.br/bonde.php?id_bonde=1-3–523-20100316

Recordar é viver…

A relação nada amigável de Requião com a imprensa paranaense: