Posted tagged ‘justiça’

O (a)caso Nardoni

26/03/2010

por Lucas Couto

Foi reaberto nesta segunda-feira, 22 de março, o caso Nardoni. Havia já algum tempo que eu não ouvia nada muito relevante ou constante sobre o assunto. Segundo está sendo divulgado, caso o casal seja condenado pela morte de Isabella, seu pai, Alexandre Nardoni e sua madrasta, Anna Carolina Jatobá, poderão cumprir pena de 12 a 30 anos de reclusão. Os dois são acusados pelo Ministério Público de homicídio triplamente qualificado e fraude processual por terem alterado a cena do crime.

Que caso demorado! Levando em consideração que os acusados foram detidos, preventivamente, em Tremembé – 147 quilômetros de São Paulo -, há cerca de dois anos, pode-se dizer que já era tempo de absolvição ou condenação. Os dois, pai e madrasta, têm alegado inocência desde então. A principal tática de defesa para o episódio tem sido levantar contradições na perícia mostrando falhas e incoerências nos laudos.

O caso é que, até agora, tudo permanece meio confuso, tanto por parte da defesa quanto por parte da acusação. Uma criança morta em 2008, fato. O modo como essa criança morreu e as razões para a sua morte, no mínimo, obscuras. Laudos, investigações, acusações e defesas contraditórias, incompletas e/ou duvidosas. Como cidadão e expectador não chego a um veredicto totalmente plausível, sem resquícios, imaculado. Na verdade, o lance é: o que fazer se acaso for tomada qualquer decisão dúbia, para não dizer injusta? Mas também, o que seria justo, nesse caso?

Não creio que isso termine por aqui, nesta sexta-feira, 26 de março. Seja qual for a decisão do Júri, um fardo dispendioso e indigesto será carregado para sempre: o de se ter sido conivente ou não com um crime. Realmente, sem querer ser pessimista, esse caso está com cara de se tornar, eternamente, um caso mal resolvido.

Anúncios