Transporte coletivo deve parar em Londrina

Paralisação da próxima quarta-feira deve durar duas horas

Categoria reuniu-se segunda-feira em assembléia e deve paralisar na próxima quarta-feira

Por Ana Soranso

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Londrina (Sintroll) decidiu suspender o indicativo de greve anunciado pela categoria para segunda-feira passada (5 de julho)

Após uma reunião com representantes do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros e de Característica de Metropolitano de Londrina (Metrolon), no Ministério Público do Trabalho, eles decidiram fazer mais um negociação e deliberaram pela rejeição das propostas apresentadas pelas empresas que fazem o transporte coletivo de Londrina.

Foram 796 votos contrários, contra 160 a favor.

Três propostas foram votadas: suspensão da greve na segunda-feira passada; reajuste de 5,5% e manutenção da função de cobrador.

A categoria deseja reajuste de 5,5% de reajuste, sendo 4% de ganho real e a manutenção do cargo de cobrador pelos próximos três anos.
Segundo o presidente do Sintroll, João Batista, a atitude das empresas mudou bastante se comparada com o último encontro. “Podemos dizer que a proposta ficou um pouco melhor agora, apesar de ainda não ser a ideal. Aquele percentual de 5,5% de reajuste já será praticado no quinto dia útil de julho. Conseguimos ainda chegar a um reajuste de 6,25%, mas isso só será feito a partir do momento que for restabelecida a tarifa de R$ 2,25”, afirma. Atualmente a tarifa custa R$ 2,10 em Londrina.

Outro ponto destacado por Batista é a negociação de outra condição estabelecida pelos dirigentes do Metrolon. “Continuamos negociando a condição estabelecida anteriormente. Eles queriam atender uma de nossas reivindicações apenas se os condutores do sênior midi (Micro-ônibus que extingue o cobrador) aceitassem dirigir e cobrar”, diz. O Metrolon informou que irá aguardar o resultado da reunião do Sintroll.

Ontem a paralisação foi aprovada novamente e marcada para a próxima quarta-feira, 7 de julho num período de duas horas. Hoje ainda haverá uma nova reunião para uma possível negociação.

Anúncios
Explore posts in the same categories: Dia a dia

2 Comentários em “Transporte coletivo deve parar em Londrina”


  1. Parece que a greve foi suspensa, Ana. E o reajuste deve ser votado na próxima terça-feira.

    Bruna Lima


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: