Mulheres na copa (2)

Comentários de um jogo

Por Ráisa Guerra

Com certeza, haverão mulheres que entendem melhor um jogo de futebol do que eu. Algumas entendem até melhor do que os homens (estamos conquistando espaço em tudo mesmo). Como houve dois jogos hoje – África do Sul x México e França x Uruguai – oque não faltará na internet, e até mesmo nesse blog, são análises técnicas dos jogos (algo que eu acho interessante, até para entender melhor a partida). Por isso, para diferenciar um pouco o conteúdo, colocarei a análise de um homem (Carlos Alexandre Palma) com comentários femininos (o meu, no caso). Nada muito jornalístico, é verdade. Seria um pouco mais (pelo menos enganaria) se eu fizesse comentários direto da África. Como não estou lá (bem que eu queria), serão apenas aqueles que eu criei vendo os lances da partida.

Jogo: África do Sul x México

Comentário masculino: O México partiu pra cima e pressionou o time africano nos primeiros minutos do jogo. A África, nervosa pela estreia em casa, não criou muita coisa no começo, mas soube se defender bem.

O que destacou aos meus olhos: Acredito que no início do jogo mesmo o que chamou a atenção do espectador foi a estrutura do estádio, ver bem onde estava sendo realizado o primeiro jogo da Copa. Alias, a África do Sul investiu muito para aquilo. E ficou bem bonito o resultado. É esperar pra ver como serão os estádios aqui do Brasil.

Comentário masculino: Depois as duas equipes ficaram equilibradas, ambas com grandes chances de abrir o placar. O primeiro tempo foi do México, que jogou muito melhor e manteve a posse de bola.

O que destacou aos meus olhos: O jogo estava interessante. Alias, jogo de Copa do Mundo é bonito de qualquer jeito, mesmo que um gol não estivesse saindo. Vuvuzelas ditavam o som da partida.

Comentário masculino: O segundo tempo foi mais emocionante. Um jogador sul-africano recebeu lançamento em rápido contra-ataque e fez o primeiro gol do mundial aos 9 minutos do segundo tempo. Os Bafana Bafana animaram e dominaram o restante do jogo, criaram ótimas chances de gols e até sofreram um legítimo penalti que não foi marcado pelo árbitro.

O que destacou aos meus olhos: Emocionante o primeiro gol da Copa (ainda mais que no jogo seguinte não teve nenhum, decepcionante França e Uruguai).

Comentário masculino: Aos 24 minutos, então, os zagueiros sul-africanos bobearam e o mexicano Rafa Marquez empatou o jogo com uma cabeçada. No finalzinho a África do Sul quase marcou, mas o jogador Mphala bateu na trave.

O que destacou aos meus olhos: “Traves” sabem dar um frio na barriga quando querem. Até torci para que fosse gol, mas um suspense e a expectativa dá a emoção de Copa do Mundo.

Fim. Nada que acrescente muito no universo copabolístico de ninguém, mas o que tem colocar um pouco de “não seriedade” por aqui, né?



Anúncios
Explore posts in the same categories: Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: