Creches fechadas e pais insatisfeitos

Por Vinícius Bersi

Um dos problemas ligados a educação que desgastaram a administração nesse primeiro ano da gestão Barbosa Neto foi a falta de recursos que obrigaram alguns Centros de Educação Intantil – CEIs interromperem o atendimento às crianças. Pagamentos atrasados, falta de material escolar, instalações precárias, e pais insatisfeitos com as constantes paralizações. Os problemas começaram em janeiro quando alguns Centros interromperam o atendimento pela falta de recursos.  

O Ministério Público se manifestou. A promotora da Vara da Infância e Juventude, Édina de Paula, enfatizou a importância da participação dos pais no problema, que segundo ela deveria ser resolvido com o apoio da família, da sociedade e do Estado.

Em princípio a Prefeitura alegava não ter condições de aumentar os repasses às creches, mas acabou cedendo às pressões dos CEIs, e aumentou os repasses em 20% no mês passado. Os 65 Centros que recebiam R$ 9 milhões passaram a receber R$ 10,2 milhões.

A presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Silmeri Rossi, afirmou que o aumento não resolverá todos os problemas mas evitará a paralização dos Centros.

Anúncios
Explore posts in the same categories: Educação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: