ainda bem

Publicado 13/07/2010 por linhasdigitais
Categorias: Uncategorized

ainda bem que acabou…

Anúncios

Transporte coletivo deve parar em Londrina

Publicado 06/07/2010 por linhasdigitais
Categorias: Dia a dia

Paralisação da próxima quarta-feira deve durar duas horas

Categoria reuniu-se segunda-feira em assembléia e deve paralisar na próxima quarta-feira

Por Ana Soranso

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Londrina (Sintroll) decidiu suspender o indicativo de greve anunciado pela categoria para segunda-feira passada (5 de julho)

Após uma reunião com representantes do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros e de Característica de Metropolitano de Londrina (Metrolon), no Ministério Público do Trabalho, eles decidiram fazer mais um negociação e deliberaram pela rejeição das propostas apresentadas pelas empresas que fazem o transporte coletivo de Londrina.

Foram 796 votos contrários, contra 160 a favor.

Três propostas foram votadas: suspensão da greve na segunda-feira passada; reajuste de 5,5% e manutenção da função de cobrador.

A categoria deseja reajuste de 5,5% de reajuste, sendo 4% de ganho real e a manutenção do cargo de cobrador pelos próximos três anos.
Segundo o presidente do Sintroll, João Batista, a atitude das empresas mudou bastante se comparada com o último encontro. “Podemos dizer que a proposta ficou um pouco melhor agora, apesar de ainda não ser a ideal. Aquele percentual de 5,5% de reajuste já será praticado no quinto dia útil de julho. Conseguimos ainda chegar a um reajuste de 6,25%, mas isso só será feito a partir do momento que for restabelecida a tarifa de R$ 2,25”, afirma. Atualmente a tarifa custa R$ 2,10 em Londrina.

Outro ponto destacado por Batista é a negociação de outra condição estabelecida pelos dirigentes do Metrolon. “Continuamos negociando a condição estabelecida anteriormente. Eles queriam atender uma de nossas reivindicações apenas se os condutores do sênior midi (Micro-ônibus que extingue o cobrador) aceitassem dirigir e cobrar”, diz. O Metrolon informou que irá aguardar o resultado da reunião do Sintroll.

Ontem a paralisação foi aprovada novamente e marcada para a próxima quarta-feira, 7 de julho num período de duas horas. Hoje ainda haverá uma nova reunião para uma possível negociação.

Isso não devia ter sido banalizado

Publicado 30/06/2010 por linhasdigitais
Categorias: Comportamento, COPA, Copa 2010

Por Mariana Medeiros

Foi-se o tempo em que Copa do Mundo era um evento exclusivamente futebolístico. Hoje, ela consegue mexer com a vida das pessoas, inclusive das que não gostam tanto assim de futebol. Não sei ao certo em que categoria de torcedores eu me enquadro, já que não me considero fanática, mas costumo acompanhar o que rola no mundo dos gramados, até mesmo quando não se trata de um campeonato em proporções mundiais. Mas o fato é que durante esse período de jogos, os países envolvidos na disputa param, sim, para acompanhar as novidades.  E digo isso com a propriedade de quem não é fanática e mesmo assim não consegue perder nenhum lance.

Mas quando falo em novidades não me refiro apenas às partidas e aos resultados. A grande verdade é que o evento que está acontecendo lá na África do Sul chama a atenção para outros aspectos. Eu poderia enumerar diversos deles, mas vou me prender em apenas um: os aspectos sociais. Digo sociais no sentido de interação social, mesmo. Notícias como a de que o governo brasileiro está mandando 30 mil preservativos para serem distribuídos no país sede da Copa provam que a integração entre os torcedores vai muito bem (nada contra a campanha contra a AIDS, que fique bem claro). E isso também acontece por aqui. Existem relatos de que os jogos do Brasil estão sendo usados até mesmo como álibi para maridos infiéis traírem suas esposas.

Tá, vou acabar me perdendo, pois esse papo de interação social é muito, muito amplo e exemplos não faltam. Tenho certeza de que qualquer pessoa que não se trancou dentro de casa nos últimos dias dos jogos presenciou pelo menos uma demonstração da “socialização” entre os torcedores.  Aliás, esse tema não é específico de Copa do Mundo e no Brasil, particularmente, é apenas um pretexto para as pessoas acharem que “é carnaval” e “tudo é permitido”. Assim, vou me ater a um ponto que, pra mim, ainda é realmente novidade: a grande quantidade de modelos nos estádios. Não existem provas, mas eu acho muito estranho que uma mesma pessoa consiga se pintar inteira e torcer freneticamente pelo Brasil, num dia, e pela Alemanha no outro. Ou então ser uma alemãzinha nata num jogo e, logo após, apoiar a seleção de Portugal.

Como se não bastasse, elas são todas muito lindas e magras.  Ainda não consegui entender como algumas delas conseguem ficar com a barriga à mostra num frio que obriga até mesmo os jogadores a colocar camisas com mangas (juro, isso não é dor de cotovelo!), mas deve ter alguma explicação convincente para tudo isso. Simples coincidência – e grande quantidade de calor humano, talvez…  Confesso que tenho certa aversão a esse tipo de coisa. Claro, elas podem mesmo estar, por livre e espontânea vontade, torcendo por várias seleções. Mas ainda acho que são falsas torcedoras, pagas (sabe-se lá por quem) pra engordar e embelezar as arquibancadas.

O frio fez com que os jogadores de Espanha e Portugal usassem camisas de manga

Mas enquanto isso, na arquibancada, a bela torcedora exibia a barriga e também foi fotografada torcendo pela Alemanha

Não tenho nada contra fotografar as belas mulheres que estão por aí, mas acredito que contratar modelos para isso é o mesmo que afirmar que os países em campo não possuem suas próprias beldades. E é óbvio que isso não é verdade, já que o mundo está repleto de pessoas bonitas e esbeltas, não apenas do sexo feminino. É muito triste que até mesmo em uma competição de futebol exista esse apelo estético, como se as arquibancadas virassem uma grande vitrine, mas é ainda pior quando essa vitrine é falsa. Que as relações sociais estão um tanto quanto banalizadas, que as pessoas supervalorizam os atributos físicos ao invés dos intelectuais, eu já sabia. Mas não, falsificar torcedoras pra mim não é normal, muito menos aceitável. Espero, de coração, que essas meninas sejam apenas ingênuas vira-casacas.

Num dia, brasileiras...

... no outro, alemãs!

Uma pausa nas vuvuzelas

Publicado 30/06/2010 por linhasdigitais
Categorias: COPA, Copa 2010, Dia a dia

Tags: , , , , , , , ,

por Bruna Lima

Até estranhei ao saber ontem, pela TV, que os próximos jogos da Copa do Mundo na África do Sul serão só na sexta-feira (02). Nada mais natural: o campeonato está numa fase decisiva de eliminatórias e a maioria das seleções já voltaram para casa. Mas confesso que já estava acostumada a acompanhar a maratona de jogos e resultados. Só não me acostumei ainda a um pequeno (e muito barulhento) detalhe: as malditas vuvuzelas.

A vuvuzela é uma espécie de corneta simples feita de plástico tradicionalmente usada pelos sul-africanos. O instrumento teria sido criado em 1988 pelo nativo africano Freddie Maake. De lá pra cá a invenção de Maake foi copiada por vários fabricantes como a Masincedane Sport e se transformou em acessório das grandes torcidas da África do Sul. Mas foi com a aproximação da Copa de 2010 que a vuvuzela tomou proporções mundiais. É possível adquirir a corneta – cujo som lembraria o barulho de um elefante – por um preço relativamente barato, tanto em lojas de acessórios quanto nos camelôs.

Alguns estádios chegaram a proibir a vuvuzela nas partidas da Copa

Nas transmissões de TV o som das vuvuzelas a princípio lembra o zumbido de um bando de moscas, mas não é difícil se acostumar com o incômodo. Já no “contato direto” a história é um pouco diferente. A ideia divertida pode virar um verdadeiro tormento se não for usada com moderação. O barulho constante ou muito alto da corneta pode causar problemas auditivos graves e até permanentes nas pessoas e nos animais, cuja audição é mais sensível que a humana, podendo deixá-los mais agressivos. O instrumento também facilita a transmissão de germes e vírus se utilizado por várias pessoas, passando de boca em boca.

Mantenha a vuvuzela longe do ouvido alheio!

A polêmica da vuvuzela fez com que a FIFA até cogitasse a proibição da corneta nos estádios da Copa do Mundo pois ela incomodaria juízes e jogadores, por exemplo. Mas a vuvuzela permanece reinando durante as partidas e ditando o ritmo da animação dos torcedores. Pra quem quer se livrar (ou pelo menos aliviar) o zumbido dos instrumentos, que estão em praticamente todo lugar, o remédio é se afastar das torcidas e usar os protetores auriculares, que reduzem o barulho. Já para aqueles que gostam de dar suas cornetadas por aí fica a dica do bom senso: nem todo mundo é obrigado a apreciar o som das vuvuzelas e ela é o tipo de instrumento que só deve ser utilizado em ocasiões específicas, no caso dos jogos de futebol.

Usando a vuvuzela com moderação é possível que todos se divirtam durante a Copa sem maiores prejuízos. Para quem prefere o silêncio e a tranquilidade mesmo em tempos de Copa do Mundo (meu caso) agora é a hora de aproveitar: teremos dois dias de paz e calmaria até que os torcedores e suas vuvuzelas reapareçam.

Marketing furado

Publicado 29/06/2010 por linhasdigitais
Categorias: COPA, Copa 2010

Por Andrey Shevchuk

Às vésperas da Copa do Mundo, foi lançada uma peça publicitária pela fabricante norte-americana de materiais esportivos, gloriosa Nike, com o sugestivo título “Write the future” (“Escreva o Futuro”). No vídeo, alguns jogadores mundialmente aclamados vestem os uniformes de suas respectivas seleções e encenam algumas partidas. O resultado foi esse aí:

E não é que a Nike deu um tiro na própria chuteira?

Não entendeu:

Cannavaro: http://video.globo.com/Videos/Player/Esportes/0,,GIM1289422-7824-CENTRAL+DA+COPA+ITALIA+DECEPCIONA+E+E+ELIMINADA+NA+PRIMEIRA+FASE,00.html

Drogba: http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1290101-7823-COSTA+DO+MARFIM+VENCE+MAS+E+ELIMINADA,00.html

Rooney: http://video.globo.com/Videos/Player/Esportes/0,,GIM1290891-7824-CONFRONTO+ALEMANHA+X+INGLATERRA+PELAS+OITAVAS+DE+FINAL+DA+COPA+DO+MUNDO+FIFA,00.html

Ribéry: http://video.globo.com/Videos/Player/Esportes/0,,GIM1287995-7824-CENTRAL+DA+COPA+FRANCA+DA+VEXAME+E+E+ELIMINADA+E+ARGENTINA+AVANCA+AS+OITAVAS,00.html

Ronaldinho Gaúcho: http://video.globo.com/Videos/Player/Esportes/0,,GIM1261334-7824-ANUNCIO+DOS+CONVOCADOS+DA+SELECAO+BRASILEIRA+PARA+A+COPA+DO+MUNDO+DE,00.html

Cristiano Ronaldo: http://video.globo.com/Videos/Player/Esportes/0,,GIM1292079-7824-O+GOL+DE+ESPANHA+X+PORTUGAL+PELAS+OITAVAS+DE+FINAL+DA+COPA+DO+MUNDO+FIFA,00.html

sacou?

Addio ai fratelli d’Italia

Publicado 28/06/2010 por linhasdigitais
Categorias: Uncategorized

Por Vinícius Bersi

Outro dia me perguntaram se a eliminação da Itália da Copa me entristecia. A resposta: É claro que não. Explico-me, sou um “italófilo”, amo o Bel Paese, a cozinha italiana, o cinema, e a forma como os italianos vivem e se relacionam. E devo acrescentar que há mais de dois anos trabalho como professor da língua de Dante.

Por outro lado, quando se trata de futebol, os italianos sofrem de um excesso de autoestima, de modo que vencer duas copas, seguidamente, não lhes faria tão bem.

A Itália vive um momento de crise econômica e social, em que discursos mais ou menos xenófobos, da direita de Berlusconi e Umberto Bossi ganham forças e conquistam a cada dia mais cidadãos. Nas últimas eleições, os operários, que sempre votaram nos partidos de esquerda, votaram na Liga Norte, partido que nos anos 90, tinha a pretensão de separar o norte do país – historicamente mais rico – e criar um novo Estado chamado Padania.

São freqüentes as acusações de fascismo contra o governo, pela forma como encara a imigração, que, diga-se de passagem, sustenta a economia italiana com mão-de-obra para o setor industrial e de serviços.

Definitivamente, não é essa a Itália, que eu quero campeã.

Torcedor inconformado recebe a azzurra com vergonha (Foto Agência EFE)

Cannavaro, que só levou para casa o título de jogador mais bonito da Copa. (foto Agência EFE)

Argentina inventa briga de brasileiros

Publicado 24/06/2010 por linhasdigitais
Categorias: COPA, Copa 2010, Esporte

Tags: , , , , , , ,

por Lígia Zampar

¿Qué te pasha, Brasil?

Está na capa da edição virtual do jornal “Olé”, o mais famoso diário de esportes da Argentina: “O que acontece com você, Brasil?”.

Segundo o diário, também conhecido por sua natureza irreverente, não bastasse mais uma ‘turbulenta’ entrevista coletiva do técnico Dunga, jogadores da seleção foram flagrados brigando durante o treino desta quinta-feira, na cidade de Durban. “Uma câmera registrou um momento raro entre o goleiro Julio César e o zagueiro Luisão, até que apareceu Robinho para separá-los”, diz.

A “briga”, porém, não passou de uma brincadeira do grupo, algo que o próprio “Olé” em algum momento chega a ponderar. Porém, cheio de reticências.

Não por acaso, em vez da conhecida expressão “¿Qué te pasa?”, o diário preferiu fazer uma brincadeira com ela, como se estivesse falando de maneira infantil.

A versão argentina AQUI!